jump to navigation

Quando começou o jornalismo de games no Brasil? ou Uma prévia de homenagem ao jornalismo gamer setembro 17, 2011

Posted by Carlos in Crônica Gamer.
Tags: , , , , , ,
trackback

Estava eu andando pelo centro de São Paulo para comprar um PlayStation 3 e outros apetrechos nerds quando me deparo com um sebo. Nada demais, a princípio. Mas, no meio de livros e discos mofados, vejo revistas. No meio de política nacional e decoração do lar, publicações de games.

Ah, não deu outra. Escolhi por ordem de antiguidade e comprei na hora. Muitas. Sentir na mão esses pedacinhos de passado gamer me trouxe à tona uma sensação de nostalgia ímpar e, ao mesmo tempo, algo mais. Acompanhei um bom pedaço dessa história, dessas publicações, como leitor, mas me desfiz de tudo – vendendo, ou até mesmo dando.

O que mais me impressiona é lembrar de forma tão vívida, e com tantos detalhes, de tanta coisa específica. Lembro das fotos com personagens coloridos e de suas posições nas páginas confusas, dos editoriais otimistas e muitas vezes brigões, das propagandas de controle de MegaDrive, dos rankings com fotos embaçadíssimas. Um pouco é devido a minha boa memória visual – não é arrogância: me lembro de rostos que vi só uma vez, mas me confundo para chegar na padaria ao lado de casa. Todo dia.

Porém, o que carimbou mais meu cérebro gamer é lembrar da paixão envolvida na leitura. Paixão esta que hoje consigo passar para a escrita – em parte nesse blog. Por isso, com essa inspiração, vou retomá-lo, e o Zé também.

Ficam então três coisas: primeiramente, um título péssimo, que é possível conferir acima. Partindo dele, a pergunta: quando começou o jornalismo gamer? Alguém tem a data de uma primeira publicação?

E por que “prévia de homenagem”? Esse material é muito bom, vou destrinchá-lo mais para frente.

Em tempo, na PSN: Carlos_Edge. Na Live, CarlosEdge.

PS: Como eu e o Zé estamos nos organizando para dar um tapa e reviver o JoguEpense, qualquer feedback (desde que positivo, otimista e encantado, claro) é bem-vindo!

Confira o passado abaixo:

 

Publicação mais antiga que achei, de agosto de 91, vendida em Cruzeiros. É a segunda edição da revista e o único nome que conheço no expediente é Matthew Shirts

 

Também de 91. Mesmo com pautas nostálgicas e propagandas ótimas, a maior surpresa é Eugênio Bucci como Diretor de Redação!

 

Também de 91, provavelmente agosto. Mesmo com pautas nostálgicas, como o lançamento do primeiro Sonic e visita à fábrida da TecToy, e propagandas ótimas, como a da TECNOFAX, a maior surpresa é o jornalista Eugênio Bucci como Diretor de Redação!

 

Mais novinha, de 93, essa edição tem um mapa do Metal Gear do NES de dar inveja a muito detonado atual. Quem se lembra do Baby Betinho e da Marjorie Bros?


Anúncios

Comentários»

1. Anderson Araujo - setembro 18, 2011

Tenho a revista Videogame n°1, pioneira na cobertura nacional do universo dos jogos eletrônicos. Se não me engano comprei ela em 1989, até então não existia nada nesse gênero em nível nacional: http://min.us/mbnwCTd3pb
Adicionarei sua pessoa depois na PSN (mesmo sabendo que ainda não possui games que eu tenho).
Dou meu apoio moral para vocês continuarem o trabalho. Sucesso.

Carlos - setembro 19, 2011

NEED

2. Roma - setembro 19, 2011

Aeeeeeeeee!! Finalmente!
Apoio totalmente a volta do blog! =D

3. Luiz Gustavo Cristino - setembro 19, 2011

Rapaz, meu primeiro contato com uma publicação nacional gamer impressa foi quando vi um detonado-pôster do Alex Kidd in Miracle World, do Master. Não me lembro nenhum detalhe sobre a publicação, e o Google não se lembra dela também, hahah. Só sei que foi anterior a 1992, ano em que eu já tinha um Mega Drive.

Daí em diante, passei a ficar sempre de olho nas bancas. E lembro-me da Videogame, embora minha era de ouro das revistas (porque antes eu era muito novo até pra ganhar mesada, rs) foi durante o domínio do trio Ação Games-Gamers-SuperGamePower (e Marjorie Bros continuava sendo musa! hahah). Comprava as três. No caso da Gamers, comprei da primeira à última edição da revista, assim como aconteceu com a recente NGamer Brasil, mas como vc disse, essas edições acabaram se perdendo com o tempo, doei tudo.

Realmente, apesar de eu não trabalhar mais com a área, o jornalismo gamer foi parte da minha vida e com certeza tem sua importância na profissão que acabei escolhendo.

Malz pelo megatexto, mas é isso que acontece quando eu fico nostálgico, hahahah.

Abs!

4. Zé - setembro 27, 2011

Nossa, nunca tinha para pra pensar em quando um jornalismo de games começou… acho que a primeira revista que comprei e colecionei foi a Herói (essa era animal!), mas não me lembro se ela falava algo sobre games, acho que não. Meu primeiro contato real com revistas de games provavelmente foi por volta de 1995/96, com a Nintendo World, já que era Nitendista quando pequeno e como não havia internet em casa, comprava a revista para saber as novidades.

Tenho até hoje pilhas da revista, e me lembro de muitos artigos, reviews e previews que me marcaram muito. Lembro que muitas vezes lia algo na revista que me empolgava e ficar imaginando por dias como o jogo realmente seria, bons tempos 😀

5. Eduardo Roberto - setembro 27, 2011

acho q vale um esforço para digitalizar esse acervo hein. eu tenho scanner, if that helps impulsioning a coisa

6. Quando começou o jornalismo de games no Brasil? ou Uma prévia de homenagem ao jornalismo gamer | Sobre a Depressão - janeiro 6, 2012

[…] JoguEpense Share Sem categoria Brasil, começou, gamer, Games, Homenagem, jornalismo, Prévia, quando Real time – SP […]

7. helinux - setembro 18, 2014

bons tempos de ação games, video game , sgp e outras revistas clássicas da época!!!! saudades da época marjorie bross…valeu


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: